Centro BenQ Knowledge

Vale a pena adquirir um monitor de jogos de 144 Hz?

BenQ
2019/12/18

A resposta curta e rápida: SIM. Os ecrãs com elevada frequência de refrescamento devem ser uma prioridade para os jogadores que os podem pagar.

Dois números importantes para lembrar


A frequência de refrescamento e os tempos de resposta são elevados em todas as folhas de especificações. O primeiro número refere-se a quantos fotogramas por segundo um monitor apresenta, medidos em Hertz (Hz). O padrão de há longa data dos 60 Hz é suficiente para a maioria das necessidades de jogos. No entanto, tendo em conta que o vídeo se resume a uma série de fotografias apresentadas a várias velocidades, a lógica geral do “quanto mais rápido melhor” continua a ser verdadeira. Com frequências superiores tudo aparece mais suavemente e com melhor resposta. Jogar num ecrã de 144 Hz parece muito mais fluido do que num de 60 Hz, e isso é muito visível. No entanto, pode haver um limite, porque, como mostram alguns estudos, muito poucas pessoas reparam num aumento da frequência de refrescamento de 144 Hz para 240 Hz.


Quanto ao segundo número – o tempo de resposta. Enquanto a frequência de refrescamento se refere ao número de fotogramas por segundo, o tempo de resposta é a velocidade a que cada um desses fotogramas se compõe. Os ecrãs mais rápidos têm um tempo de resposta de 1 milissegundo (ms), enquanto outros podem ir até aos 5 ou 6 ms, o que, para a maioria das pessoas, ainda é aceitável. Em conjunto, o tempo de resposta e a frequência de refrescamento dizem-nos quão rápido é o desempenho de um determinado monitor. Para os jogadores, a rapidez é da máxima importância. Os monitores lentos aumentam o atraso de entrada ou a latência e podem juntar-se a isso outros fatores, como o atraso global do sistema, ou flutuações na internet, para arruinar uma experiência de jogo. Em resumo, é difícil ganhar em ecrãs lentos.

Ecrãs para jogadores competitivos


Os monitores de alta velocidade de 144 Hz ajudam a aumentar a fluidez da ação de jogo e a resposta do jogador. A diferença entre um monitor de 60 Hz e de 144 Hz torna-se evidente quando os jogadores em ecrãs de 144 Hz, literalmente, veem as coisas antes dos jogadores a funcionar com 60 Hz, em situações de competição multijogador online. Embora a vantagem nunca exceda as frações de segundo, é suficiente para fazer uma grande diferença em jogos que dependem de reflexos. Embora os títulos de aventura, orientados por uma história, não tirem grande benefício dos 144 Hz, os atiradores, pilotos e lutadores beneficiarão muitíssimo, sem sombra de dúvida. Se gosta de jogos online ou se faz parte do cenário dos eSports, então precisa de um monitor de 144Hz, ou do monitor mais rápido que possa pagar. Os 60 Hz normais, provavelmente, não são suficientes no seu caso. 

Melhor desempenho geral


Independentemente da maneira como joga, irá notar um desempenho mais rápido e mais suave nos monitores a partir de 144 Hz. Isto aplica-se a jogadores ocasionais ou a entusiastas em geral, e não apenas aos jogadores “pro” e aos atletas dos eSports. Se jogar num ecrã de 30 Hz e tentar forçar a configuração dos jogos para uma frequência de refrescamento mais elevada, depressa encontrará problemas de desvanecimento de movimento e trepidação. Muitas pessoas ficam fisicamente doentes devido ao desvanecimento de movimento, pelo que os ecrãs mais rápidos proporcionam melhor desempenho a muitos níveis.

Dê uma oportunidade para o hardware brilhar


Os seus monitores devem manter-se a par dos seus outros elementos de hardware e serviços. À medida que a tecnologia melhora, os jogos são executados a velocidades de fotogramas cada vez mais elevadas. Assim, um monitor de 144 Hz dá-lhe alguma margem em relação ao futuro, permitindo-lhe, simultaneamente, o desempenho esperado nos jogos atuais. Se investiu num poderoso PC com uma boa placa gráfica, então um monitor de 60 Hz pode funcionar como o gargalo de uma garrafa. Se o seu PC apresenta facilmente 120 Hz num determinado jogo, porque o há de limitar aos 60 Hz? Está, simplesmente, a desperdiçar o desempenho do hardware que já pagou. O mesmo se passa com as consolas e, num futuro próximo, com o streaming de jogos.

Os monitores de alta velocidade permitem velocidades de fotogramas desbloqueadas, ou um refrescamento que flutua livremente. Isto significa que o seu PC ou consola executam o jogo tão rapidamente quanto for possível e o seu monitor mostra o jogo na sua velocidade de fotogramas nativa. Essa é uma situação ideal porque poderá desfrutar dos jogos tal como os seus programadores os pensaram. Um monitor capaz de 144 Hz ou mais dá-lhe muita margem para não ter de se preocupar com limitações de desempenho. 

A delícia do computador


Falámos dos jogos, mas um importante fator que as pessoas muitas vezes ignoram quando se discutem as velocidades dos monitores, é o computador. Sim, o computador com o seu sistema operativo. Quanto mais rápido o monitor, mais suavemente se desloca o cursor do seu rato. Tudo se torna mais rápido e mais intuitivo. Embora não seja uma necessidade absoluta, os 144 Hz funcionam de forma encantadora para a resposta de um computador. 

Algumas coisas a ter em conta


Se se sente bem com um computador de 60 Hz, e não joga qualquer jogo que dependa de reflexos, então os 144 Hz podem parecer um luxo. O conceito básico é que um refrescamento mais rápido é igual a um desempenho superior. Se pode pagar, não se irá arrepender.


A exceção a isso chega sob a forma da qualidade geral do monitor. Da mesma forma, um monitor de 144 Hz que se apresenta a um preço surpreendentemente baixo, ou que tem uma marca completamente desconhecida, pode estar a utilizar um número atrativo para cobrir as falhas. Faça a sua pesquisa antes de se comprometer! 

A base de tudo

  • Sim, os monitores de 144 Hz superam os de 60 Hz. Obtém um melhor desempenho com eles e desbloqueia o potencial do seu hardware de jogos.
  • As experiências de trabalho em computador também ficam melhoradas com os 144Hz.
  • Se gosta de jogos multijogador online ou de eSports, os 144 Hz não são realmente opcionais, são quase uma coisa imprescindível!

  • Bom demais para ser verdade deve levantar suspeitas – informe-se fazendo alguma pesquisa.
TOP