Centro BenQ Knowledge

O que é temperatura da cor? Como é que isto afeta o desempenho das cores do monitor?

BenQ
2019/09/23

Hoje, com vidas tão altamente digitalizadas, é difícil não depender de imagens digitais nas atividades diárias da maioria das pessoas. Para fotógrafos e desenhadores, são frequentemente necessárias imagens digitais para mostrar o seu trabalho. Portanto, apresentar a intenção do seu trabalho autenticamente é a coisa mais importante.

Os fotógrafos e desenhadores digitais compartilham uma coisa importante: dependem de monitores para retocar, fazer a classificação de cores e criar um design ou desenho, com os resultados mostrados no monitor. Como exibir o trabalho com as cores corretas é uma consideração importante e a temperatura da cor de um monitor é um dos fatores que afeta o desempenho preciso das cores.

O que é temperatura da cor? Um entendimento básico da temperatura da cor

Figura 1: Temperatura da cor e a cor que esta gera

 

Quando se trata da reprodução de cores de um monitor, existe um termo comum sobre o qual muitas pessoas falam, que é a temperatura da cor. Aqui está uma definição básica da temperatura da cor:

Em resumo, a temperatura da cor é como a cor aparecerá quando medida numa determinada temperatura utilizando a escala Kelvin. Se tivermos um corpo negro ideal que possa aquecer espontaneamente, quando atingir determinadas temperaturas, começará a irradiar luz em cores diferentes com base na temperatura, de vermelho a laranja, laranja a amarelo, amarelo a branco e branco a azul. E utilizamos a escala Kelvin, que começa no zero absoluto para medir a temperatura (já que 0 Kelvin é zero absoluto, 273,16 Kelvin equivale a 0 graus Celsius e 32,018 graus Fahrenheit).

Quando um monitor está a ser utilizado em diferentes indústrias, existem três padrões comuns. No mundo da fotografia e do design, 6500K (D65) é frequentemente utilizado como branco padrão, enquanto na impressão é geralmente 5000K (D50). Em vídeo e cinema, geralmente é 6300K (D63).

Diferenças visuais
Como é que a temperatura da cor afeta o que percebemos na imagem no ecrã?
Cool Tone
Warm Tone

Figura 2: Uma comparação entre imagens com tom frio e tom quente

 

Como a temperatura da cor está relacionada à reprodução de cores de um monitor, isso afetará drasticamente a perceção da cor. Se a temperatura da cor for mais alta, as imagens no monitor aparecerão azuladas. Por outro lado, esta fornece tons de vermelho, amarelo ou outras cores em tons mais quentes quando a temperatura da cor é mais baixa.

Por vezes, vários tons da cor desencadeiam certos tipos de sentimentos. Por exemplo, com uma temperatura da cor mais alta, uma imagem com um tom frio geralmente cria uma atmosfera triste e tranquila, enquanto que com uma temperatura da cor mais baixa, uma imagem em tons quentes geralmente gera um sentimento otimista e agradável. Portanto, é importante escolher a temperatura da cor certa para o monitor, a fim de proporcionar o impacto emocional que o trabalho pretendia criar.

Outra coisa a considerar é o facto da luz ambiente ir afetar a forma como percebemos a imagem que vemos num monitor. Quando a luz ambiente tem uma temperatura da cor mais alta que o monitor, sentimos que a imagem mostrada no monitor é mais amarela do que realmente é. Quando a temperatura da cor das fontes de luz no ambiente é menor que a do monitor, percebemos a imagem no ecrã como sendo mais azul. Idealmente, a temperatura da cor da luz ambiente no ambiente deve ser a mesma do monitor, para que possamos perceber as cores da imagem exibidas corretamente.

Porque é que os fotógrafos e desenhadores têm um cuidado extra com a temperatura da cor?

No ambiente de trabalho de certas profissões, como fotografia e design, a temperatura da cor do monitor deve ser previsível e precisa, para que o trabalho possa ser feito adequadamente e atenda aos requisitos profissionais.

Considerações para os fotógrafos quanto à temperatura da cor
Representação precisa das cores da imagem

Imagine um fotógrafo comercial como exemplo. Quando se trata da cor das fotos que este gastou tempo e energia para capturar, mesmo depois de serem revistas por olhos humanos, ainda precisam de ser mostradas com a cor correta no monitor, para que apresentem a intenção original do fotógrafo. A temperatura da cor correta no monitor deve ser um elemento controlado com precisão. Também é uma parte muito importante do processo de controlo de qualidade, porque se houver imprecisão na temperatura da cor que causa erros de julgamento, isso afetará a competitividade e o profissionalismo do fotógrafo.

O que é que um desenhador procura num monitor?
Apresentar a cor do seu trabalho de forma realista

Da mesma forma, um desenhador depende de um monitor para fazer ajustes e comparações entre imagens na maioria das vezes durante o processo de design. Os desenhadores também precisam de monitores para rever as imagens em que estão a trabalhar. Portanto, contarão com a temperatura da cor do ecrã e esta deverá mostrar com precisão a temperatura correta da cor.

Consistência de cores em várias configurações do monitor

Quando os utilizadores precisam de trabalhar com vários monitores, há algumas coisas a ter em mente. Num ambiente de trabalho com vários monitores, é muito comum distribuir trabalho entre monitores diferentes que podem não ser consistentes na reprodução de cores. Esta discrepância causa o problema de visualizar uma imagem com cores inconsistentes em diferentes monitores, o que é problemático. Portanto, não podemos negligenciar a importância da consistência das cores nos diferentes monitores.

O que é a consistência de cores? Em resumo, significa que a mesma imagem pode ser mostrada com a mesma cor ou temperatura da cor muito próximas em monitores diferentes. Se colocarmos uma imagem em monitores diferentes, cada um com a sua própria reprodução de cores, isso irá criar dificuldades no fluxo de trabalho e afetará a qualidade do design. A temperatura da cor é um elemento-chave que decide se o trabalho visual é apresentado fielmente.

Portanto, é importante haver consistência de cores em diferentes monitores. Está relacionado ao facto de os monitores poderem mostrar cores brilhantes com precisão. Normalmente, quando é projetado um modelo de monitor e enviado para o mercado, o fabricante configura a temperatura da cor corretamente, atendendo aos padrões industriais para evitar erros desnecessários de julgamento do utilizador.

Figura 3: Selecione a temperatura da cor preferida no OSD do monitor

Figura 4: Selecione a temperatura da cor preferida  com 


o software BenQ Palette Master Element

 

Se os utilizadores precisarem de ajustar o monitor para as suas próprias necessidades específicas, poderão ajustar a temperatura da cor do ecrã através da interface do software (por exemplo, BenQ Palette Master Element), bem como ajustar a temperatura da cor do ecrã ou selecionar uma temperatura de cor predefinida no ecrã do monitor OSD.

Resumo

Um monitor com temperatura da cor precisa é fundamental para manter a consistência entre os materiais de origem e realizar trabalhos criativos. Se o referido trabalho criativo for comunicado utilizando temperatura da cor imprecisa, o processo será ineficaz. Portanto, a exata temperatura da cor que atende aos padrões da indústria é essencial para executar o trabalho criativo com precisão e para comunicar de maneira eficaz e eficiente.

TOP