Centro BenQ Knowledge

A importância da uniformidade na apresentação de imagens precisas no ecrã

BenQ
2019/11/01

No mundo digital de hoje, grande parte do nosso trabalho depende dos nossos ecrãs digitais. A qualidade do ecrã digital desempenha um papel indispensável, especialmente para profissionais como fotógrafos e desenhadores que examinam, editam e comunicam o seu trabalho através de imagens no ecrã.

Como diz o ditado: "Se um artesão deseja fazer um bom trabalho, deve primeiro afiar as suas ferramentas". Compreender como os ecrãs dos computadores afetam o trabalho digital é igualmente crucial. Ao trabalhar com um ecrã, perguntas frequentes sobre uniformidade surgem com muita frequência: Porque é que a mesma imagem parece diferente quando colocada em diferentes partes do ecrã?

Porque é que as imagens parecem diferentes em várias partes do ecrã?

O motivo pelo qual uma imagem parece diferente em várias partes do ecrã é um problema de uniformidade do ecrã, envolvendo uniformidade de cores e uniformidade de brilho. Um monitor uniforme fornece brilho e cores consistentes em todo o ecrã. Por outras palavras, o termo uniformidade do ecrã significa a capacidade de um ecrã mostrar consistentemente a uniformidade da cor e a uniformidade do brilho.

Um dos problemas com ecrãs não uniformes é a diferença de cores em algumas áreas do ecrã, o que leva a uma reprodução de cores imprecisa. Por exemplo, se um monitor exibir uma imagem com os cantos de ecrã acinzentados, como mostrado na figura abaixo, os trabalhadores criativos poderão considerar erroneamente que os cantos escuros representam a imagem correta.

Geralmente, é mais fácil observar a não uniformidade ao exibir uma imagem toda branca no ecrã. Os monitores geralmente mostram a imagem corretamente no centro do ecrã, mas vacilam nas margens do ecrã. Monitores de qualidade com boa uniformidade, especialmente modelos profissionais de ponta, podem exibir com precisão as cores de uma imagem, de canto a canto, em todo o ecrã.

Como afeta a uniformidade do ecrã artistas visuais e trabalhos criativos profissionais?

Quando um ecrã não possui boa uniformidade, a saturação e o brilho das cores variam em todo o ecrã, o que cria problemas ao rever e fazer ajustes com base no ecrã

A. Para fotógrafos:

Quando o ecrã não apresenta boa uniformidade no local da sessão de fotos ou durante a pós-produção, o fotógrafo pode não conseguir avaliar os resultados do retoque devido à imprecisão das cores em certas partes do ecrã. Isto afetará severamente a qualidade da fotografia.

B. Para desenhadores:

Da mesma forma, problemas de não uniformidade para desenhadores podem dificultar os processos de design e revisão, causados por diferenças de brilho ou cor em diferentes partes do ecrã. Uma avaliação incorreta em potencial no design pode fazer com que a saída final seja diferente da apresentada, afetando severamente a qualidade de um design.

O que causa a não uniformidade de um ecrã? Como ajustar a uniformidade do ecrã?

A razão pela qual a não uniformidade ocorre numa ecrã é a irregularidade de certos elementos físicos no painel, que causam inconsistências de brilho ou cor em diferentes partes do painel. Isto inclui irregularidades de retroiluminação ou irregularidades do módulo guia de luz. Quando isto acontece, os fabricantes podem compensar a irregularidade para melhorar a uniformidade do ecrã. Se o brilho do ecrã ou a saturação da cor não for uniforme, poderá ser calibrado para ajustar e corrigir a uniformidade do ecrã. Há dois aspetos a serem considerados:

A. Compensação da uniformidade do brilho:

Se o brilho do ecrã for inconsistente, o processo de calibragem deve focar na compensação da parte não correspondente do painel para combinar o brilho com o restante do painel. Quando este processo estiver concluído, o ecrã inteiro deverá ter brilho e equilíbrio visual uniformes.

B. Compensação de uniformidade de cor:

O brilho uniforme por si só não pode garantir a uniformidade das cores no ecrã. É necessário um processo de calibragem da cor em que o calibrador compensa o equilíbrio RGB da área não uniforme para corresponder ao equilíbrio RGB do centro do painel. Uma vez concluído este processo, a saturação do ecrã inteiro será mais uniforme.

Os monitores profissionais de ponta são normalmente equipados com funções de compensação de não uniformidade para garantir que cada píxel do ecrã seja equilibrado e mostra cores precisas para servir como um monitor de gestão de cores ideal

Resumo

Em suma, um ecrã com baixa uniformidade criará desafios e problemas significativos para fotógrafos e desenhadores no trabalho, causando avaliações erradas das imagens, dificuldade em corresponder as imagens e distorções ao editar e rever o trabalho. Por outro lado, um monitor com boa uniformidade ajuda a atingir o objetivo de “o que vê é o que recebe”. Também pode reduzir o risco de reprodução distorcida de cores e manter a precisão das imagens exibidas. A boa uniformidade do ecrã poupa tempo e aumenta efetivamente a competitividade do utilizador, apresentando a imagem como o criador pretendia.

TOP